Real Máquinas participa da Agrishow 2018

quarta-feira, Maio 9, 2018

A 25ª edição da Agrishow, a maior feira de tecnologia agrícola da América Latina e umas das 3 maiores feiras do segmento no mundo, foi realizada entre os dias 30 de abril e 04 de maio de 2018, em Ribeirão Preto-SP. A Real Máquinas esteve presente por meio do Gerente Geral de Negócios, Antônio Soares; Gerente de Vendas, Emerson Oliveira; Consultor AMS, Leonardo Pedriel e os CEN´s Fábio Miranda e André Martins.

A Feira trouxe várias novidades John Deere. Uma delas foi o Operations Center, uma plataforma que conecta todos os dados do maquinário e operações agronômicas da fazenda em um só lugar, permitindo uma visão mais completa e eficiente dos avanços.

Dentro do Operations Center, existem vários recursos para facilitar a análise e extração de informações que o produtor precisa, na hora que ele precisa. O Analisador de Talhão, por exemplo, permite analisar o resultado de um talhão, como a produtividade e comparar com dados sobre umidade. O recurso Configurar Trabalho permite planejar a operação toda, desde insumo, equipamento, talhão, operador, etc para que automaticamente a máquina reconheça as configurações. A novidade também conta com a ferramenta de Criação de Prescrição, e o uso de relatórios agronômicos que permite saber por talhão o que foi produzido ou aplicado, que produtos específicos e em que quantidade foram utilizados em cada período de tempo / safra.

A transmissão de todos esses dados, que estão disponíveis no Operations Center são enviados da máquina para o escritório e vice-versa, acontecem através da solução de telemática o JDLink Connect. O JDLink Connect alimenta o Operations Center, que permite monitorar toda a frota de máquinas e compreender como estão sendo operadas, diagnostica falhas e programa manutenções preventivas. Tudo isso para otimizar a operação e facilitar o suporte remoto.

Outra novidade apresentada na feira para o produtor rural foi a Solução de Conectividade Rural; uma infraestrutura formada por torre, módulo e antena de sinal 4G privada, instalada em campo. Com ela, toda a operação passa a estar “online”, possibilitando acessos remotos às máquinas o que reduz custos de reparação e desperdício de tempo. A disponibilidade de informações e dados em tempo real, associada à intervenção remota online, agiliza a tomada de decisões pelo cliente, aumentando a produtividade e priorizando os dados da frota no tráfego.

Para aumento de produtividade operacional no plantio, a John Deere está oferecendo mais uma novidade para o mercado, a plantadeira DB90 em um Pacote Especial pelo qual será possível montar até 61 linhas de 45cm de espaçamento. Esse pacote foi desenvolvido para atender aos clientes que necessitam cobrir uma grande superfície de plantio, em menos tempo e com alta qualidade. A DB90 com 61 linhas é o par perfeito para grandes tratores como 8400R e 9R da John Deere.

Já para Cultura da Cana de Açúcar a novidade foi o Monitor de Colheita de Cana, que traz a funcionalidade de monitorar a quantidade de massa de cana colhida, georreferenciada, assim como medir a massa de impureza vegetal coletadas. O operador tem visão direta no GS3, podendo fazer ajustes na máquina para se manter dentro dos parâmetros definidos de consumo de combustível por tonelada colhida e o percentual de impureza vegetal. Com isso cada talhão passa ter a informação precisa de produtividade e isso influência a tomada de decisões sobre reforma do canavial, manejo de nutrientes, descompactação, replantio parcial e outros, com base no rendimento obtido e no ponto ótimo de intervenção.

A Real Máquinas reconhece a importância de participar de um evento como esse para aproximar seus clientes das novidades tecnológicas e mantê-los alinhados a tudo que a John Deere desenvolve para conectar o campo e torná-lo cada vez mais produtivo, rentável e sustentável.

1

 

 



Share