A inovação chega ao campo: as fazendas inteligentes já são realidade

quinta-feira, Junho 18, 2020

 

 

O termo “Fazendas Inteligentes” não é novo, mas ele vem sido usado para descrever o futuro do agronegócio. Agora, há quem ouse dizer que esse futuro já virou presente. A pandemia acelerou tecnologias que já vinham sendo desenvolvidas e escancarou a necessidade de novas ferramentas para conectar cada dia mais os produtores rurais.

Um dos principais benefícios para o produtor é a obtenção de dados. Isso também é chamado de Agricultura de Precisão. Com as informações em mãos, é possível melhorar a tomada de decisões, minimizar perdas e maximizar a produtividade.

Veja como isso acontece na prática:

 

1. Connected Support

A John Deere sempre foi referência em tecnologia no campo, e isso se mostra através das ferramentas de suporte. No Connected Support, a ferramenta JD Link permite que a máquina fique conectada à Real Máquinas através dos dados, possibilitando o monitoramento e gerenciamento em qualquer lugar.

Já o Service ADVISOR™ Remoto permite diagnosticar problemas na frota e prever, ainda na oficina, o que precisa ser feito. Isso significa que a Real Máquinas pode mandar o técnico certo, com as peças e ferramentas certas, para realizar o trabalho mais rápido.

Já pensou saber quando a sua máquina vai quebrar e antecipar a sua manutenção? Isso também já é possível. O Expert Alerts identifica certas falhas em potencial antes que elas ocorram, minimizando o tempo de máquina parada e maximizando a produtividade.

Ainda é possível ter um Acesso Remoto ao Monitor, para fazer a configuração, otimização de desempenho ou solução de problemas.

 

2. Agricultura de precisão

A agricultura de precisão é a conexão de máquinas, tecnologia, pessoas e inteligência para executar operações agrícolas de forma eficiente. Esse conceito pode ser usado em várias etapas da produção agrícola, como:

• Análise e Planejamento;

• Preparo de solo;

• Plantio;

• Tratos Culturais;

• Colheita.

Na prática, existem ferramentas como o Sistema de Direcionamento e Controles de Máquina, que reduz os custos com insumos, reduzindo o consumo de combustível e melhorando a produtividade do operador.

Os monitores e receptores John Deere oferecem uma variedade de possibilidades tecnológicas, níveis de precisão e funcionalidades que se adequam às necessidades e aplicações das suas operações agrícolas.

O Gerenciamento de Informações é integrado, com dados do campo, de máquinas e de frota, para apoiar que decisões de gestão sejam tomadas.

 

3. John Deere Conecta

Um dos setores mais impactados pela pandemia no agronegócio foram as feiras, que geralmente aconteciam com exposição do maquinário e oportunidades exclusivas.

Mesmo nesses cenários, a tecnologia consegue se posicionar a favor do campo. Um exemplo disso é a plataforma John Deere Conecta, um hub de relacionamento que combina o virtual com o real para interação dos clientes com todo o ecossistema da empresa, acesso às melhores condições de compras e diálogo com concessionários direto do computador ou celular.

Para quem aproveita todas as oportunidades disponíveis, o futuro já chegou e as fazendas são cada dia mais inteligentes.



Share