Programa Jovem Aprendiz da Real Máquinas completa 10 anos de talento e oportunidades

quarta-feira, Novembro 3, 2021

Iniciado em 2011, o programa já gerou muitas efetivações na empresa

 

A Real Máquinas tem orgulho de ser uma empresa focada em pessoas e que acredita no poder de treinar e desenvolver talentos. Além de investir na carreira dos nossos colaboradores, também estamos recebendo cada dia mais talentos com o programa Jovem Aprendiz.

O programa foi adotado em 2011, há 10 anos atrás. De lá para cá, já passaram 19 talentos na empresa. Destes, 7 foram efetivados e 5 estão no nosso quadro de funcionários até hoje.

Isso nos coloca em uma taxa de 37% efetivados dentre todos os jovens que recebemos. A média de tempo de permanência empresa dos Aprendizes efetivados é de 56 meses, pouco mais de 4 anos.

Uma dessas profissionais é Larissa Rezende, que tem um desenvolvimento notável na sua área de atuação. Após sua  efetivação como Auxiliar Administrativo, em 2017, Larissa foi promovida, e hoje atua como Analista de CSC.

Gregori Matos, foi efetivado em 2013 e vem construindo sua carreira na Real Máquinas. Desde 2020, ele atua como Auxiliar de Escritório no departamento de Serviços, em nossa Express de Planalto Verde.

Para a Real Máquinas, é um orgulho poder receber, treinar e desenvolver os jovens para atuar inseridos em nossa cultura de inovação, além de proporcionar fontes de crescimento aos jovens no mercado de trabalho.

A diversidade nos traz novas formas de pensar e agir, com a possibilidade de demonstrar a solidez de desenvolvimento de carreiras.

No nosso ambiente de trabalho cooperativo, incentivamos o compartilhamento de conhecimento, com os colaboradores que se dedicam a ensinar o que sabem para aqueles que estão iniciando suas carreiras.

Parabenizamos a todos os efetivados pelo seu empenho em agarrar as oportunidades e a todos que agem dentro da empresa para um ambiente inovador e colaborativo.

 

Sobre o programa

O Aprendiz Legal é um programa voltado para a preparação e inserção de jovens no mundo do trabalho, que se apoia na Lei da Aprendizagem (10.097/2000);

Com o Aprendiz Legal, temos o dever de contribuir para a formação de jovens autônomos, que saibam fazer novas leituras de mundo, tomar decisões e intervir de forma positiva na sociedade;

Inserir os jovens no mundo do trabalho, combater a evasão escolar e o trabalho infantil são alguns benefícios da Lei da Aprendizagem. É por esses e outros fatores que ela não pode ser encarada apenas como uma obrigação por parte das empresas, mas sim como importante ferramenta no desenvolvimento de pessoas;

Mais do que uma Lei que deve ser cumprida, é um instrumento capaz de transformar a realidade de milhares de jovens e impactar de forma positiva a sociedade.



Share